Sábado, 7 de Março de 2009

Capítulos 17 e 18 - Crime ou acto de amor?

Hey!

 

Aqui vão mais dois capítulozinhos (estes são muito intense :P)

 

E continuo à espera da one-shot da minha Anica :D

 

Kiss

 

Hope you like :)

 


 

Andaram calmamente pelo corredor até ao quarto. Não tinham pressa. Aquilo era tudo, era o mundo. Se fosse uma música não seria daquelas sempre com o mesmo ritmo, com uma melodia repetitiva. Não. Se fosse uma música era uma que tivesse altos e baixos, graves pesados e agudos descontrolados.
 
Ao chegarem ao quarto separaram-se um pouco, apenas fisicamente, porque a ligação já estava feita, nunca mais poderiam separar-se sentimentalmente. Ao se tocarem em dois pontos, testa e nariz, e vistos de perfil, formaram o contorno de um coração perfeito e com o sol a bater por trás era uma imagem única, daquelas que vale mais que mil palavras, que apreciaram, mais uma vez, sem pressa.
Depois disto uniram ambas as mãos entrelaçando os dedos. Ali estava a ligação daquelas duas pessoas representada pela junção dos seus corpos.
Nisto estavam perdidos. Encontraram-se mutuamente. Se houvesse um momento que podia durar a eternidade era este.
Ele olhou-a, não apenas um olhar superficial, um olhar completo.
Pela primeira vez quebrou o silêncio, ou a música.
- Natalie… Tu…
- Claro que sim.
Entendiam-se. Queriam ambos o mesmo, da mesma forma, com a mesma intensidade.
Bill fez as suas mãos descerem até encontrarem o fim do top dela e, enquanto o puxava para cima, tocava-lhe. Um arrepio. Depois os calções. Ele beijou-lhe o peito, a barriga, os braços, os ombros.
Natalie imitou-o em todos os seus passos. E continuaram. E agora, despidos, exterior e interiormente, aproximaram-se envolveram-se no corpo um do outro.
Finalmente caíram na cama. Ele descobriu-se dentro dela. Queria ficar sempre nela e ela queria ficar sempre nele. As voltas, os abraços, os toques, os beijos, os movimentos, a união. Não era sexo. Era amor. Cansaram-se um ao outro mas queriam mais. E foi aí que ouviram a música: entre o dedilhar das cordas de uma guitarra, o persistir das teclas de um piano, o soar do assobio de uma flauta, os agudos e os graves, eles ouviram a música.
 

 

- Estás bem?
- Não poderia estar melhor – respondeu ela num sorriso rasgado.
- Foi…
- Foi a minha primeira vez. Quero dizer, a primeira vez por vontade própria.
- O quê?! Isso significa que antes de entrares naquela vida eras…
- Virgem, sim – admitiu ela envergonhada.
- Porque não me disseste antes?
- Achei que não era preciso… Tinha sido alguma coisa diferente?
- Não, claro que não. Mas então que recordações tens da tua primeira vez?
- Inesquecível.
- Como é possível? Foi forçado!
- Não, não foi Bill. Já te disse que esta foi a minha primeira vez, as outras não interessam. E esta primeira vez foi…
- Intensa? Especial? Inesquecível? – sussurrou ele. Beijou-lhe a testa e envolveu-a em si.
- Exactamente.
- Então… e agora?
- Agora o quê?
- O que fazemos?
- Banho e comida, que me dizes? Estou cheia de fome – saltou da cama, vestiu as cuecas, os calções e o top.
- Natalie – chamou ele – eu estava a falar sobre o que aconteceu, nós…
- Bill – interrompeu – não vamos complicar. Porque, sabes, contigo é tudo tão fácil, não quero que se torne complexo.
- Claro – ele sorriu – e o que vamos comer? Também já comia alguma coisa.
- Não me parece que tenha grande coisa na cozinha e apetece-me um banquete.
- Então, não seja por isso, vamos ao supermercado.
- Achas? É uma e tal da manhã. Não me parece que haja supermercados abertos a esta hora.
- Oh, já sei. Vamos fazer um assalto nocturno a um supermercado – sugeriu ele divertido.
- Vá lá, estou esfomeada, a sério.
- Pronto, era só uma sugestão. Agora olha a ideia brilhante do Bill: vamos a uma casa de hamburgers que há aqui perto e está aberta toda a noite. Eu e o Tom costumávamos ir lá quando saíamos.
- Óptimo. Vamos.
- Banhinho primeiro?
Natalie riu quando se apercebeu da figura em que estavam: despenteados, Bill esborratado da maquilhagem e todos desajeitados.
- Acho melhor. Se bem que assim como estás não haveria fã que te reconhecesse na rua – brincou.
- E tu – disse aproximando-se – vens comigo – e dito isto resgatou-a e levou-a directamente para a casa-de-banho.
 

 

sinto-me: sono
música: Gives You Hell - The All American Rejects

publicado por ourfanfiction às 01:00
link do post | comentar | favorito
|
8 comentários:
De Eng.Kaulitz a 7 de Março de 2009 às 11:08
Hallo^^

Actualizada!!

Gostei destes ultimos 3 capitulos...O Bill tem sido um amor com ela...

A primeira vez dela foi muito especial para ambos...mas axo que o Bill ker mais qualquer coisa...compromisso talvez!!

MAIS

Kuss***


De ourfanfiction a 8 de Março de 2009 às 21:39
Pois, talvez o Bill queira mais compromisso. Mas acho que com a relação deles isso vai acontecendo naturalmente porque é especial ^^ E ainda bem que gostaste, é bom saber :D

Beijinho


De Dreamer a 7 de Março de 2009 às 17:01
Oláa, estou de volta! x)

Ena, que capitulos! *---* A forma como descreveste cada momento entre eles os dois foi tão intensa e tão pormenorizada, deu para imaginar tudo na cabeça... Foi lindo mesmo! Mágico! ^^

Não consigo expressar o quão eu adorei estes capitulos, nem o quão adoro a tua escrita *---*

Quero mais!! x)
... E já agora, também quero a One-Shot da Anica xD

Loads of Kisses to You!


De ourfanfiction a 8 de Março de 2009 às 21:40
Oh, obrigada ^^ Ainda bem que gostaste porque o que eu pretendi foi exactamente transmitir essa magia daquela relação :D

Beijinho e obrigada :)


De ourfanfiction a 7 de Março de 2009 às 21:09
WOW! ESTOU COMPLETAMENTE ARREPIADA!

Estao lindos estes capitulos! meu deus sofia! tu escreves mesmo bem! nunca pensei! claro que sabia que escrevias bem, mas TAO BEM..nunca pensei! estou completamento parva!
ADOREI SOFIA! ADOREI MESMO! Nao ha palavras para descrever! estao simplesmente lindos, perfeitos, podres, podres e PODRES!
A maneira como te expressaste foi linda! consegui imaginar tudo ao pormenor!
"ens comigo – e dito isto resgatou-a e levou-a directamente para a casa-de-banho." QUE QUERIDO! I loved it!
esta simplesmente o melhor capitulo que ja li!
OBRIGADA !

AMO-TE


De ourfanfiction a 8 de Março de 2009 às 21:45
Oh, fico mesmo feliz por saber que gostaste e lisonjeada por dizeres que foi o melhor capítulo que já leste ^^ E eu posso escrever bem Anica mas tu não ficas NADA, repito, NADA atrás. Muito pelo contrário!

E não agradeças, não tens nada que agradecer. Eu é que agradeço o comentário :D

AMO-TE SEMPRE BABY

Sissi


De Sαphirα a 8 de Março de 2009 às 11:06
Tenho que dizer que tu (Sofia) também escreves muito bem!
Só li hoje a fic, ainda me falta ler a da Anica, mas é-me mais fácil ler em Português por isso li primeiro a tua xD
A sério, gosto mesmo da vossa maneira de escrever!

E podias pôr mais um (ou dois :P) ^^

Beijinhos x)


De ourfanfiction a 8 de Março de 2009 às 21:47
Muito obrigada :D Pois, talvez em Português seja mais fácil, mas acredita que as fic's da Anica valem a pena e de certeza que consegues perceber :)

Kiss


Comentar post


. ver perfil

. seguir perfil

. 17 seguidores

.Outubro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
28
29
30
31


.posts recentes

. ...

. Chapter 11- Is it destiny...

. Chapter 10- Times like th...

. Capítulo 36 - Crime ou ac...

. Capítulos 34 e 35 - Crime...

. Chapter 9- Times like thi...

. Chapter 8-Times like this...

. Chapter 7- Times like thi...

. We´re back! [EDITADO]

. Capítulos 32 e 33 - Crime...

.posts recentes

. ...

. Chapter 11- Is it destiny...

. Chapter 10- Times like th...

. Capítulo 36 - Crime ou ac...

. Capítulos 34 e 35 - Crime...

. Chapter 9- Times like thi...

. Chapter 8-Times like this...

. Chapter 7- Times like thi...

. We´re back! [EDITADO]

. Capítulos 32 e 33 - Crime...

.arquivos

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

.tags

. crime ou acto de amor(22)

. is it destiny?(11)

. times like this(9)

. back(1)

. fanfiction(1)

. hallo(1)

. i´m sorry(1)

. info e georg(1)

. informação(1)

. last kiss(1)

. layout(1)

. the man who can't be moved(1)

. todas as tags

.links

.Fans online

online

.pesquisar

 

.Visitas

Hospedagem
Hospedagem
SAPO Blogs

.subscrever feeds